Comece por aqui

Olá,

Seja muito bem-vindo à nossa casa virtual!

O Vida Borbulhante é um blog sobre mudança de vida. Nele contamos nossa história, nossos dilemas, desafios, nossas conquistas e inspirações. 

Se você chegou até aqui, é um ótimo sinal. Significa que você já está saindo da sua zona de conforto, pelo menos está pensando nisso.

Para ajudá-lo a entender o propósito do nosso blog, e conhecê-lo de forma mais eficiente, sugerimos, abaixo, a melhor sequência para fazer a leitura dos posts e das páginas.

Temos também uma página no Facebook, onde postamos fotos, mensagens, dicas e muito mais. Passa lá (e curte! :).  E nosso canal no Youtube, onde divulgamos os Dicas Borbulhantes e nossa músicas.

Continue nos acompanhando, se inscreva na nossa newsletter, nos escreva, queremos conhecer você e saber sobre sua história.

Bruno e Mel

 

Nos conhecendo:

Sobre o Blog

Canal do Youtube 

Manifesto contra a felicidade

A tomada de decisão:

Vamos largar tudo e nos mudar para o Uruguai

As dúvidas e os anseios:

Eu sinto medo e você?

Placar interno x Placar externo: Qual é o seu?

Você já vivenciou um curto circuito nas veias? Eu já!

Sinal de alerta! Vazamento!

Questionamentos importantes:

O imediatismo mata seus sonhos

Quando um relacionamento acaba…quando uma vida muda

Por que é tão difícil mudar de vida

Efeito bumerangue: a verdade sobre você que esqueceram de contar

Qual seu propósito de vida? Você sabe onde quer chegar?

Abri mão do meu salário e agora?

Você viveria sem o seu cadre?

Questões práticas

Os quatro eixos que definem a vida de qualquer pessoa, inclusive a sua

11 perguntas para lhe ajudar a encontrar seu rumo na vida

5 passos para sair da inércia gastando menos de 90 reais

Quanto espaço sua existência ocupa?

Os cinco maiores obstáculos para mudar de vida

A melhor dica de viagem de todos os tempos

Posts mais lidos

Os quatro eixos que definem a vida de qualquer pessoa, inclusive a sua

O imediatismo mata seus sonhos

Efeito bumerangue: a verdade sobre você que esqueceram de contar

Manifesto contra a felicidade

Que “M”!!!…Saí da zona de conforto, e olha no que deu!

Dicas Borbulhantes

Dica Borbulhante#1 – Como fazer escolhas:  a regra dos 90%

Dica Borbulhante#2 – Como lidar com críticas

8 Comments

  • Reply Vanessa Mendes 12/01/2016 at 15:50

    que legal encontrar esta página, ainda mais com esta seção ‘comece por aqui’, para quem (como eu) não os conhece, entender a dinâmica toda…achei genial..
    agora vou ‘navegar’ pelos posts, gostei bastante de um post sobre c0isas para melhorar a rotina, e certamente vou aprender muito mais…um abraço e prazer!

    • Reply Bruno & Mel 15/01/2016 at 14:30

      Oi Vanessa, Obrigado pelo feedback!! Fique à vontade para conhecer e ler todos os posts e ver os vídeos. É um prazer pra gente compartilhar nossos desafios e interagir coma as pessoas. Já conhece o VidAdvisor (www.vidadvisor.com.br)? Nesse outro site, damos dicas mais específicas para quem quer mudar de vida, e outras coisas interessantes 🙂
      Abraço,
      Bruno

      • Reply Vanessa Mendes 15/01/2016 at 15:26

        ainda não, vou dar um pulinho lá tb…ah, se quiserem me conhecer tb escrevo num espaço bem pessoal, link esta ai…um abraço aos dois, e feliz 2016!

        • Reply Bruno & Mel 19/01/2016 at 16:53

          Oi Vanessa, gostamos muito do seu blog. Bastante coisa em sintonia com o Vida Borbulhante ;). Os parecidos se atraem rs rs.
          Abraço,
          Bruno & Mel

  • Reply Patrícia 23/10/2015 at 16:50

    Olá Bruno e Mel! Sou a Patrícia, autora do blog Uma Casa para Dois, cheguei aqui através de um post no Brasilpost. Quando li que vocês largaram a vida no Brasil para morar no Uruguai, já fiquei muito interessada na história de vocês, porque eu e meu namorado já cogitamos essa ideia e, justamente, para o mesmo País. Como se não bastasse essa coincidência, ao chegar no Blog me deparei com o comentário acima, da Jussara que, pelo relato, é uma antiga colega de trabalho, da Secretaria de Estado da Saúde, que eu perdi o contato depois que mudei de emprego. São coincidências de mais para não me manifestar haha, tudo na vida tem um sentido e resulta em aprendizado, quais lições iremos aprender com esse encontro? Estou ansiosa para saber…

    • Reply admin 26/10/2015 at 15:36

      Oi Patrícia, proporcionar (re)encontros não estava nos planos do blog, mas ficamos satisfeitos que isso tenha ocorrido!! Gostamos do seu blog também. Embora a gente já tenha pregado que casa própria pode ser uma “prisão”, ao mesmo tempo, temos sentido falta de ter uma casa para chamar de lar. E os planos de vir para o Uruguai? Estão definitivamente cancelados? 😉
      Abraços,
      Bruno & Mel

  • Reply Jussara Caetano 10/06/2015 at 14:27

    Olá.
    Li o texto de vocês no Brasil Post. Concordei e discordei de alguns pontos, algo normal entre as pessoas. Mas não é sobre os pontos que discordei que gostaria de escrever. Quero contar um pouco sobre algo que eu descobri há algum tempo. Há mais ou menos quatro anos quando comecei meu relacionamento com o Rafael, meu noivo, conheci o Budismo de Nitiren Daishonin. Uma religião pautada pelo altruísmo e pela valorização do ser humano, logo me encantei.
    No budismo fala-se muito da felicidade, mas não essa quase inalcançável e imediatista, fala-se na felicidade absoluta. Essa que temos mesmo quando estamos passando pelos momentos mais desafiadores, problemáticos e quase depressivos que a vida nos proporciona. São nessas horas que devemos agradecer ao aprendizado do momento e ter um espírito de conquista e desafiador para ultrapassar essas barreiras, sem esmorecer diante das dificuldades, essa felicidade nutre o espírito e nos dá força para seguir. É a felicidade que não nos deixa deprimir ou sermos derrotados. Claro que no budismo tudo isso está aliado à prática da fé e outras tantas coisas.
    Mesmo (ainda) não tendo me convertido completamente ao budismo, hoje entendo que esse é o grande aprendizado que tive nos últimos anos, ser feliz mesmo com todas as dificuldades, encontrar caminhos e desafiar ser uma pessoa melhor todos os dias. Acordar disposta e agradecida por tudo o que eu tenho, seja o que for.
    É isso, gostaria de compartilhar com você isso, gostei muito do seu texto apesar de discordar de alguns pontos, é muito importante saber que existem outras pessoas dispostas a serem felizes independente de qualquer situação.
    Um abraço!

    • Reply admin 12/06/2015 at 13:46

      Oi Jussara, belíssima mensagem. Quando a gente escreve um texto, o que mais queremos é que as pessoas leiam e reflitam. Concordar com o que dissemos não é tão importante. Concordo que, para muita gente, a religião é o melhor caminho em busca da felicidade. A religião mexe com nosso interior e a “felicidade” está justamente ali dentro. Acompanhe-nos aqui no blog. Volte outras vezes e compartilhe seus pensamentos. Adoramos isso.
      Abraço e obrigado pela mensagem.
      Bruno

    Leave a Reply